sexta-feira, 3 de setembro de 2010

SESC apresenta PALESTRA e OFICINA sobre MÚSICA CÊNICA



GUANÁ ALDEIA SESC DE ARTE E CULTURA APRESENTA:


PALESTRA: A CENA SONORA - Com DANIEL BELQUER

08/09 - 19h30 - SESC Arsenal - CineSESC - Entrada Franca


Daniel Belquer desenvolve trabalhos artísticos profissionalmente desde 1988. Trabalhou como instrumentista, compositor de música original para vídeo e espetáculos de teatro, dança e circo, professor de som para atores e dirige seus próprios espetáculos desde 1996. Na área de vídeo atua como videomaker, operador de câmera, diretor de corte e editor. Atualmente está concluindo o mestrado em artes cênicas com a dissertação "Escutar a cena: um outro olhar para o que soa". Além disso, desenvolve uma pesquisa sobre interatividade e artes cênicas dirigindo um espetáculo juntando circo, teatro e tecnologia, juntamente com Jaime Rodrigues, a partir de projeto financiado pela FUNARTE.



CURSO: DIONISO DIGITAL -

Com DANIEL BELQUER

09 a 10/09 - das 17h30 às 22h - e Dia 11 às 13h às 17h e das 18h às 22h - Gratuito - SESC Arsenal - 20 vagas


O avanço da tecnologia digital provoca um salto nas possibilidades cênicas, incluindo-se aí o trabalho do atuador. A computação física e sensores adquiríveis a baixo custo e manipuláveis com computadores domésticos, permitem criações cênicas ainda distante de serem devidamente pensadas. A revolução provocada por essas novas tecnologias ultrapassa o impacto, à época, da inserção da iluminação cênica, entre os séculos XIX e XX. Não se trata apenas de novos aparatos incluídos na concepção cênica, mas na instauração de uma outra maneira de se pensar criativamente levando-se em conta os recursos da interatividade.

Durante o curso, os participantes são instigados a criarem cenas a partir do corpo/vocalidade utilizando controladores do videogame wii para comandarem efeitos na projeção e no som distribuído em 4 caixas espalhadas pelo espaço.

Estimularemos a criação das cenas tiradas a partir da realidade local, coletando imagens, sons e palavras a partir do imaginário cuiabano. Ao final do curso, montaremos uma pequena demonstração cênica aberta aos interessados em assistí-la.

Sem um vínculo obrigatório com conceitos teatrais herdados da literatura como a criação de uma personagem ou a linearidade narrativa, montaremos nossas cenas a partir de um material cênico e poético a partir do conceito de afetos, tanto no sentido de “afetivo” como de “afetar”. O que nos perturba e o que nos atrai? Como nossas afeições se formam? Nossa cena deverá refletir a ebulição das idéias levantadas ao longo do curso.


SESC ARSENAL – RUA 13 DE JUNHO, S/Nº - CENTRO SUL – PORTO

INFORMAÇÕES: 3616-6921


Mais Informações:

www.sescmatogrosso.com.br

Nenhum comentário: